Troca de guardas em palácio real na Inglaterra é suspensa por causa do coronavírus


Rainha Elizabeth II deixou o palácio de Buckingham e foi para o de Windsor; em mensagem, ela pediu união. A Rainha Elizabeth II ao deixar Londres com destino ao palácio de Windsor, em 19 de março de 2020
Aaron Chown/AP
As cerimônias de troca de guardas nos palácios da rainha Elizabeth II em Londres e no castelo de Windsor, que geralmente atraem turistas no Reino Unido, foi suspensa até uma nova decisão, afirmou, nesta sexta-feira (20), o palácio de Buckingham.
A decisão foi tomada depois de um conselho do governo para que se evite aglomerações para tentar conter o coronavírus.
Países da Europa devem estender período de quarentena por causa do novo coronavírus
A rainha pediu união ao país e disse que cada indivíduo tem uma função importante nos próximos dias e meses para combater a pandemia do coronavírus.
O Reino Unido entra em um período de preocupação e incerteza, mas a história do país é de pessoas que se uniram, disse ela na quarta-feira (18).
A rainha Elizabeth II e o príncipe Philip deixaram o palácio de Buckingham Palace e foram para o de Windsor, que fica a 35 quilômetros de distância.
Até a sexta-feira (20), o Reino Unido tem 2.689 casos de coronavírus confirmados, segundo dados da universidade norte-americana Johns Hopkins. Morreram 137 pessoas em decorrência do Covid-19.
Initial plugin text

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *