Ministro da Austrália que se encontrou com Ivanka Trump tem coronavírus


O ministro do Interior da Austrália, Peter Dutton, anunciou que seu teste para coronavírus deu positivo; ele se encontrou, na semana passada, com Ivanka Trump, filha do presidente Donald Trump. Peter Dutton, ministro da Austrália, em imagem do dia 6 de março de 2020
Mandel Ngan / AFP
O ministro do Interior da Austrália, Peter Dutton, anunciou que testou positivo para o novo coronavírus e entrou em quarentena em um hospital nesta sexta-feira (13).
Ele se encontrou, na semana passada, com Ivanka Trump, filha do presidente Donald Trump, e com o procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr.
Ivanka Trump em 2017, durante uma visita a Roma
REUTERS/Yara Nardi
“Esta manhã acordei com febre e dor de garganta”, afirmou Dutton, um dos ministros australianos mais influentes e idealizador da lei restritiva do país sobre migração.
“A política das autoridades de Saúde é que quem dá resultado positivo deve ser hospitalizado e eu cumpri a instrução”, completou.
Dutton disse que está “bem”, mas o seu diagnóstico gera perguntas sobre se outros membros do gabinete e o primeiro-ministro, Scott Morrison, podem ter sido infectados.
Casa Branca diz que Trump não precisa fazer teste do coronavírus
Ainda não foi revelado quando ou como o ministro contraiu o vírus.
Dutton visitou Washington na semana passada e participou em uma reunião com membros de uma aliança de inteligência, integrada por Estados Unidos, Austrália, Grã-Bretanha, Canadá e Nova Zelândia.
A Austrália tem 184 casos confirmados de Covid-19 e três mortes.

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *