França vai usar navio de guerra para tirar pacientes da ilha da Córsega


A França tem 10.871 casos de coronavírus confirmados e 371 mortos; pacientes que estão em uma ilha que não tem equipamento hospitalar adequado serão retirados e levados a cidades maiores. Paciente é levada a ambulância em Paris, na França, em 20 de março de 2020
Benoit Tessier/Reuters
A França vai usar um navio de guerra com heliponto para resgatar pacientes em condição crítica na Córsega e leva-los a um hospital na costa sudeste do país, disse nesta sexta-feira (20) o ministro das forças armadas.
Confinamento e quarentena deverão ser prorrogados na França e na Itália
Até a quinta-feira (19) havia 162 casos confirmados de coronavírus na ilha. Ao menos seis pessoas morreram, e seis outras estavam em tratamento intensivo.
Ruas de Paris ficam desertas no segundo dia da quarentena na França
“De acordo com uma decisão do presidente, o navio Tonnorre vai atracar em breve para retirar pacientes que estão em unidades de tratamento intensivo”,” disse Florence Parly.
As autoridades francesas tentam antecipar uma alta rápida de casos e aliviar o estresse em áreas que tem poucas unidades médicas e removê-los para hospitais maiores.
A França já removeu pacientes do leste do país para hospitais em Marselha e Toulon.
O navio tem capacidade para 69 camas, e deve chegar no próximo fim de semana. A polícia regional disse que a expectativa é remover de 12 a 15 pacientes.
A França tem 10.871 casos de coronavírus confirmados e 371 mortos, segundo dados da universidade dos EUA Johns Hopkins.

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *