França restringe encontros em locais públicos, adia segundo turno de eleições locais e suspende reforma da previdência

Presidente Emmanuel Macron proibiu encontros entre parentes e amigos em locais públicos para combater pandemia do novo coronavírus. O presidente da França, Emmanuel Macron, endureceu as medidas para conter a transmissão do novo coronavírus. A partir desta terça-feira (17), reuniões em público entre amigos ou familiares ficarão proibidas. Além disso, o presidente francês adiou o segundo turno das eleições locais — a primeira votação ocorreu neste fim de semana. As reformas em curso no país também ficarão suspensas, incluindo a reforma da Previdência.
“Nós estamos em guerra”, repetiu Macron, em discurso.
Reportagem em atualização

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *