Empresa de cruzeiros Royal Caribbean suspende operações globais devido ao coronavírus


Medida vale até 11 de abril. Viagens que já foram iniciadas, porém, serão completadas. Empresa de cruzeiros Royal Caribbean irá suspender operações em todo o mundo
Joe Raedle/AFP
A empresa de cruzeiros Royal Caribbean Cruises disse neste sábado (14) que suspendeu as viagens de sua frota globalmente devido à disseminação do coronavírus.
A operadora de cruzeiros disse que irá concluir todas viagens atuais conforme programado e que a medida entra em vigor à meia-noite, com previsão de retornar às atividades em 11 de abril de 2020.
Coronavírus: veja perguntas e respostas
Últimas notícias de coronavírus de 14 de março
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na sexta-feira que grandes empresas de cruzeiros, incluindo a Royal Caribbean, suspenderiam viagens por 30 dias a seu pedido, após diversos casos de transmissão do vírus entre passageiros no mar.
A companhia inicialmente havia suspenso seus cruzeiros nos Estados Unidos por 30 dias na sexta-feira, após o pedido de Trump.
Nesta semana, a Princess Cruises, operadora de duas embarcações que ficaram em quarentena após abrigarem diversas infecções por coronavírus, suspendeu as viagens de todos seus 18 navios por dois meses.
Coronavírus: sintomas, risco no Brasil e tudo o que se sabe até agora
Initial plugin text

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *