Após novas derrotas, Bernie Sanders mantém campanha nas primárias do Partido Democrata


Porta-voz do pré-candidato desmentiu rumores de que ele havia desistido da corrida à Casa Branca após Joe Biden ampliar a vantagem. Porém, assessor diz que Sanders ‘vai avaliar’ a campanha com apoiadores. Bernie Sanders deixa o Congresso dos EUA, em Washington, nesta quarta-feira (18)
Tom Brenner/Reuters
O senador Bernie Sanders manteve a campanha nas primárias do Partido Democrata mesmo após derrota para o ex-vice-presidente Joe Biden na terça-feira (17) em três estados: Flórida, Illinois e Arizona.
Porém, o diretor de campanha de Sanders, Faiz Shakir, afirmou nesta quarta-feira (18) que o pré-candidato “terá conversas com apoiadores para avaliar a campanha”. Ele não disse se essa avaliação incluiria uma possível retirada da corrida do Partido Democrata — Biden ampliou a vantagem sobre o senador (veja mais no gráfico abaixo).
Delegados atribuídos – primárias democratas nos EUA – Bernie Sanders x Joe Biden – 18 de março
Arte G1
Mais tarde, porém, um porta-voz de Sanders precisou desmentir uma informação de que ele estava pronto para deixar a corrida pela Casa Branca. “Ele não suspendeu [a campanha]. Nada mudou em relação aos comunicados desta manhã”, disse Mike Casca, um dos representantes do pré-candidato.
Novo coronavírus
Homem recolhe equipamento de local de votação em Wintersville, Ohio (EUA) após adiamento das primárias por causa do novo coronavírus
Gene J. Puskar/AP Photo
Outra razão para especulações de que Sanders deixará a campanha é a pandemia do novo coronavírus. Por causa da Covid-19, Ohio adiou a primária programada para a terça-feira. Outros estados também desistiram de organizar as votações nas próximas semanas.
Os estados de Louisiana e Geórgia já adiaram suas primárias eleitorais por causa do coronavírus. Nesta terça, o estado de Kentucky anunciou que vai pedir um adiamento de 19 de maio para 23 de junho.
A pandemia também fez os dois pré-candidatos cancelarem discursos em público e comícios. Ambos têm falado somente por videoconferências e transmissões ao vivo.
Sanders não mencionou a campanha nas redes sociais nesta quarta-feira. Em postagens, ele disse que “vamos passar por este momento difícil cuidando uns dos outros e protegendo os vulneráveis”.
Já Biden, que agradeceu os votos minutos depois das divulgações das primeiras projeções, disse que “precisamos colocar a política de lado e trabalhar juntos pelos americanos”.
De acordo com balanço mais recente da Universidade Johns Hopkins, o número de casos confirmados do novo coronavírus nos Estados Unidos chegou a 7.769 nesta quarta. O total de mortos no país passa de 100. Todos os estados norte-americanos já registram casos de Covid-19. Veja no VÍDEO abaixo.
Covid-19: todos os 50 estados dos EUA já registram casos da doença
Initial plugin text

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *