SP declara calamidade pública; álcool gel será vendido a preço de custo

SÃO PAULO – Governo e prefeitura de São Paulo decretaram estado de calamidade pública e divulgaram novas ações para conter a disseminação do novo coronavírus.

O decreto visa desburocratizar os processos de compra e contratações, permitindo uma atuação mais ágil e correta, segundo o governador do estado de São Paulo, João Dória, e ampliando os recursos para o fomento das medidas de enfrentamento à Covid-19.

As demais ações intensificam a rotina de isolamento social recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como fechamento de parques, complexos esportivos e suspensão de serviços públicos não essenciais.

“A adoção dessa medida não é para gerar pavor, nem pânico, mas gerar facilidades de ações do governo e dos 645 municípios do estado de São Paulo, dada às características que o estado de calamidade permite aos poderes públicos”, pontuou Dória durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Serviços públicos

A partir da próxima segunda-feira (23) até 30 de abril, os serviços presenciais do Poupatempo, Detran e Junta Comercial serão suspensos, dando lugar ao atendimento online e por telefone.

As aulas presenciais dos cursos de capacitação do programa Via Rápida e Novotec também foram suspensas até 30 de abril, assim como a atuação dos 15 escritórios regionais da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado.

Parques e complexos esportivos

O decreto suspende as atividades até o dia 30 de abril de zoológicos e em todas as 102 unidades de conservação estaduais, como o Parque da Água Branca, Jardim Botânico, Parque Ecológico do Tietê e o Horto Florestal de Campos do Jordão, apesar de ser administrado pela iniciativa privada. Complexos esportivos, como o do Ibirapuera, também permanecerão fechados.

O Parque do Ibirapuera, um dos principais cartões postais da cidade de São Paulo, será interditado para evitar aglomerações. Segundo Bruno Covas, a prefeitura detectou um volume de crescimento de pessoas nos equipamentos e, em acordo com a vigilância sanitária, decidiu fechar todos os 107 parques municipais.

Álcool gel mais barato

O governador aproveitou para anunciar uma parceria com a Associação Paulista de Supermercados (Apas), que venderá álcool gel em todos os supermercados do estado a preço de custo a partir da próxima segunda-feira (23).

A medida também se aplica as redes de farmácia, através de um acordo firmado entre o governo paulista e Associação Brasileira Redes Farmácias Drogaria (Abrafarma).

O Procon-SP será responsável por fiscalizar a venda do produto a partir de segunda-feira para garantir que não haverá nenhum valor abusivo sendo cobrado pelo produto e nem diferença de preços entre os comércios.

O volume máximo de unidades compradas por consumidor será de dois frascos, para evitar os excessos e garantir que mais pessoas tenham acesso ao produto nas novas condições.

Manutenção de veículos

Governo e Prefeitura de São Paulo vão liberar oficinas mecânicas para que funcionem no suporte da população, empresas de delivery, segurança privada e do próprio serviço público.

Novos leitos

Além de entregar novos 20 leitos de UTI no hospital Parelhereiros para combate o avanço da Covid-19, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) anunciou a criação de 2000 novos leitos de baixa complexidade, que funcionarão como hospitais de campanha em parceria com o hospital Albert Einstein.

O estádio do Pacaembu contará com 200 unidades cobertas e o Anhembi 1800. A estimativa é que as estruturas estejam prontas para atendimento em pouco mais de duas ou três semanas e venham a se somar com os 507 leitos existentes na cidade.

“Já estamos nos preparando para a terceira etapa da doença que é a dos leitos a serem ocupados. Não apenas vamos dispor os 409 leitos já combinados, mas também criaremos os 2000 leitos de baixa complexidade reformando o Pacaembu e Anhembi”, reforçou o prefeito.

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!

 

The post SP declara calamidade pública; álcool gel será vendido a preço de custo appeared first on InfoMoney.

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *