Profissões com mais vagas no 1º semestre pagam até R$ 45 mil

Referência em recrutamento especializado de executivos, o PageGroup selecionou as profissões mais buscadas pelas empresas no primeiro semestre de 2019. O levantamento considera cargos de média e alta gerência e de nível técnico e os salários alcançam os R$ 45 mil. Confira a seguir

Analista de fusões e aquisições

O que faz:
analisa novas oportunidades de negócio para empresas, seja dentro de um fundo
de investimentos, banco ou outra empresa, e a recomenda como um bom investimento
ou não.

Salário:
a partir de R$ 7.000

Motivo para alta em
2019:
o mercado sentiu a retomada do Brasil em 2018 e neste ano
tem sido ainda mais movimentado para novas compras e aquisições. Esse
profissional é fundamental para que empresas façam bons negócio

Analista ou gerente de produtos

O que faz:
desenvolve novos produtos e áreas de atuação para as empresas, além de auxiliar a
refinar e melhorar os já existentes.

Salário: de R$ 8.000 a R$ 20 mil

Motivo para alta em
2019:
com a inovação em serviços financeiros e surgimento de
novas vertentes de negócios, esse profissional se tornou fundamental para o
desenvolvimento de novas empresas

Engenheiro de software

O que faz:
desenvolve e arquitetura softwares por meio de diversas linguagens de programação, frameworks e banco de
dados. Em muitas posições são os responsáveis também pelo desenho da
arquitetura e da definição das tecnologias a serem utilizadas.

Salário: de R$ 12 mil a R$ 15 mil.

Motivo para alta em
2019:
o mercado está passando por um aquecimento dessas
posições devido aos projetos de transformação digital em diversos setores e
também pelo crescimento das startups

Gerente de compras

O que faz: principal responsável pelos gastos da empresa, é este profissional que apresenta propostas, assegura o cumprimento dos prazos e verifica a demanda das
áreas para efetuar os processos de compras.

Salários: de R$ 14 mil a R$ 25 mil

Motivo para alta em
2019:
o departamento de compras é responsável por 70% dos
gastos de toda organização. E cada real economizado em compras é um real a mais
de lucro para a empresa. Em momentos de crise, o profissional de compras pode
fazer toda diferença dentro da organização para alocar melhor os recursos da
empresa

Gerente de planejamento financeiro

O que faz:
constrói o orçamento anual das áreas e dá suporte direto ao negócio para tomada de decisões assertivas e
inteligentes, visando não só crescimento, mas também lucro da empresa.

Salário: de R$ 15 mil a R$ 25 mil.

Motivo para alta em
2019:
esse perfil se tornou um parceiro do negócio nos últimos
anos, capaz de olhar para a complexidade do negócio e os resultados financeiros
que essas ações irão trazer. Com isso, tornou-se um fator decisivo na
construção e lucratividade das empresas

Gerente de produtos

O que faz:
gerencia o portfólio da empresa, desde a concepção até o lançamento do produto
no mercado. Viabiliza toda a estratégia para que o produto tenha sucesso no
mercado, cuidando da embalagem, precificação, público-alvo, campanhas e
materiais para o ponto de venda.

Salário: de R$ 16 mil a R$ 20 mil

Motivo para alta em
2019:
o varejo começa a sentir uma retomada e as empresas estão
reposicionando seu portfólio para garantir presença no mercado

Gerente de vendas de saúde

O que faz:
busca por potenciais clientes e parceiros, gera demanda e ações
promocionais, acompanha a performance e desenvolve a força de vendas. Também realiza análise de concorrentes, estudos de
mercado e levantamento de resultados de vendas e demanda;

Salário: de R$
16 mil a 25 mil

Motivo para alta em
2019:
 é a peça-chave nas definições de planos táticos e
estratégicos comerciais da companhia para o atingimento das metas, aumento nos
resultados de vendas e engajamento da equipe comercial

Gerente de qualidade

O que faz: é responsável por implantar o sistema de “boas práticas de fabricação” e preparar a empresa e os colaboradores para auditorias internas e externas.
Revisão, preparação e aprovação de procedimentos, tratamento de não-conformidades
e controle de mudanças também aparecem entre as atribuições do profissional.

Salário:
 de R$ 17 mil a R$ 25 mil.

Motivo para alta em
2019:
os órgãos regulamentadores estão cada vez
mais exigentes para liberação de produtos e serviços, o que aumenta a necessidade de ter
a pessoa certa nesta cadeira para ter controle de todos os processos de boas
práticas de fabricação

Gerente de vendas 

O que faz:
busca por potenciais clientes e parceiros, gera demanda e ações
promocionais, acompanha o desempenho e desenvolve a força de vendas com estabelece
planos de visitas, análise de concorrentes e estudos de mercado.

Salário: de R$ 20 mil a 30 mil. 

Motivo para alta em
2019:
as incorporadoras têm estruturado cada vez mais as
operações para não depender das imobiliárias e corretoras, oferecendo pacote
mais atrativo e treinamentos

Gerente nacional de vendas

O que faz: responde pelos resultados da empresa de ponta a ponta com o gerenciamento de equipes e processos.

Salário:
 de R$ 20 mil a R$ 30 mil. 

Motivo para alta em
2019:
muitas empresas mudaram diretorias e cargos de liderança,
passando a ajustar a base desde o topo até cargos de entrada

Parceiro de negócios

O que faz:
lidera as decisões estratégicas com relação às pessoas
e melhores práticas de RH, garantindo que estejam sendo aplicadas para a
necessidade específica do cliente interno. Atua como guardião das políticas e assegurando conformidade dos
processos em temas de desenvolvimento de carreira, reconhecimento e recompensa.


Salário: de R$ 25 mil a R$ 35 mil

Motivo para alta em
2019:
com a retomada do mercado, a posição é essencial
para garantir que a empresa esteja seguindo as melhores estratégias para gestão de pessoas

Diretor de novos negócios

O que faz:
procura por novos negócios para a empresa, negocia e busca por terrenos,
estudo de viabilidade econômica e desenvolve relacionamento nos mercados público e privado.

Salários: de R$ 25 mil a R$ 40 mil.

Motivo para alta em
2019:
peça-chave para aquisições nas incorporadoras e
construtoras tem papel fundamental nas
definições de planos táticos e estratégicos da companhia para atingir as metas
e aumentar os resultados

Diretor financeiro

O que faz: gerencia as estruturas de finanças, contabilidade e impostos da
empresa. Além disso, responde pela gestão de riscos, auditoria e controles internos das empresas.

Salário: de R$ 30 mil a R$ 45 mil.

Motivo para alta em
2019:
é a primeira linha de defesa e compliance da empresa, se tornando fundamental para momentos de crise ou crescimento, visando um futuro
sustentável das companhias

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *