França anuncia multa recorde à Apple por práticas contra livre concorrência

Fabricante do iPhone diz que cancelará. A agência francesa que regulamenta a concorrência anunciou nesta segunda-feira (16) uma multa recorde contra a Apple de 1,1 bilhão de euros por práticas contra a livre concorrência.
A agência considerou que a empresa americana cometeu abusos para privilegiar sua rede de distribuição.
A Apple anunciou que apelará contra a multa, da qual expressa “profunda discordância”. “São práticas que aconteceram há mais de 10 anos”, aformou a empresa.
Duas redes de lojas, Tech Data e Ingram Micro, também foram condenada a multas de 76,1 milhões de euros e 62,9 milhões euros, respectivamente.
“A Apple e os dois atacadistas estabeleceram um acordo para não competir entre si e impedir que os distribuidores competissem entre si”, disse Isabelle de Silva, presidente da Autoridade de Concorrência, citada em um comunicado.
A investigação começou em 2012, após uma reclamação do site eBizcuss, que comercializava produtos Apple e era o principal distribuidor da empresa americana na França.
O site, que tinha 130 funcionários, afirma que aos poucos a Apple começou a vender menos produtos e reorientou seus negócios para suas próprias lojas.
Sua liquidação, pronunciada em 31 de maio de 2012, foi motivada pelas dificuldades causadas pelas práticas anticoncorrência da Apple, segundo a Autoridade da Concorrência.

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *