black Friday melhor hoje ofertas e promocoes

Conversar sobre dinheiro com amigos nem sempre é algo agradável, mas pode ser mais fácil do que se imagina. Conversar com amigos sobre dinheiro
Shutterstock
Uma balada, um passeio no fim de semana, uma cervejinha no bar, sorvete, pizza, aniversários. A tentação é grande, mas nem sempre o bolso consegue acompanhar todos esses rolês.
Muitas vezes, o motivo para o desastre financeiro começa, justamente, no excesso de gastos com diversão. Nem todo mundo mantém autocontrole em uma noite no bar, em meio a uma boa conversa com amigos, que logo se estende para uma festa ou, então, para “só mais um drink” antes de ir embora.
Esse não é – nem nunca foi – o problema. O problema é repetir isso no dia seguinte, no próximo fim de semana, em dias úteis quando surge aquele convite inocente. O excesso sempre foi inimigo do controle financeiro: um dia, você acorda e depara com a conta bancária no vermelho. E, sem que tenha percebido, o orçamento, de repente, passou a pesar antes mesmo do mês terminar.
Cultivar um bom hábito financeiro não depende só do autocontrole, nem da sua força de vontade. Eles não estão imunes à pressão dos amigos e às tentações apresentadas por eles. Por isso, dizer mais “não” e pedir o apoio deles para economizar pode ser a chave para reverter o caos. Uma sugestão é que você faça isso antes que a amizade se torne um problema. E antes que seus amigos se tornem os maiores vilões do seu orçamento.
Mas como adotar esse comportamento sem que o dinheiro vire um problemão no meio da amizade? Como perder a vergonha de entrar no assunto das finanças com os seus amigos?
É preciso discutir o assunto sem tabu – mesmo com seus amigos. Por isso, o banco BV está lançando o movimento #FalarDeDinheiro. Se a gente derrubar as barreiras por trás do tema e conversar mais sobre ele, mais a gente vai entendê-lo e mais leve ele fica.
Que tal, então, avaliar se as sugestões abaixo funcionam para você? Quem sabe, você já pode aplicá-las no próximo fim de semana de encontro com os amigos…
1. Procure sugerir programas mais em conta
Você mesmo pode tomar a frente na programação do próximo rolê e sugerir programas que são naturalmente mais baratos, levando toda a situação para outro contexto. Já pensou nisso? Uma trilha no mato, um piquenique no parque ou uma jantinha em casa, por exemplo, podem ser mais divertidos e autênticos do que se imagina. Afinal, economizar não precisa ser uma tortura, nem sinômino de reclusão em casa. É possível aproveitar a vida sem gastar nada, tanto quanto estar sentado na mesa do bar enchendo a comanda de anotações.
Quando os programas são mais em conta fica fácil garantir o autocontrole nos gastos e, de quebra, ainda entrar no assunto das finanças com mais naturalidade. Um comentário do tipo “um passeio tão gostoso que ainda dá um respiro para o meu bolso” pode quebrar o gelo e levar o grupo a se abrir sobre isso. Afinal, nem todo mundo tem dinheiro sobrando em casa.
2. E se levar comida de casa?
Se o programa for uma praia ou uma trilha, que tal avisar seus amigos, de forma bem antecipada, que está preparando sanduíches ou algum outro petisco para levar? Caso não se sinta à vontade para recusar um eventual convite para almoçar (que, muito provavelmente, poderá acontecer), você já terá uma boa justificativa.
De quebra, ainda vai lançar o assunto dinheiro de forma leve e natural na conversa, o que pode incentivar alguém do grupo a desabafar, compartilhar alguma experiência e começar um debate sobre isso. Tudo, mais uma vez, feito de forma bem natural.
3. Tente se aproximar de amigos que possuem consciência financeira
Se na sua roda de amigos há aquele que é mestre nas finanças pessoais e as mantém sempre sob controle, pode ser uma boa ideia se aproximar mais dele. Pessoas assim costumam gostar muito de falar sobre o assunto, compartilhar experiências de como enfrentaram fases nebulosas e dar dicas de economia e investimentos.
Então, aproveite essa abertura. Procure marcar um café ou um happy hour com ele, pois é muito provável que esse tipo de assunto acabe surgindo com naturalidade.
E mais: se você sentir uma grande vontade de desabafar, pode receber de volta outros desabafos, sobre experiências que ele mesmo passou. Assim, em vez de fazer julgamentos, ele pode acabar contando a você como aprendeu a cultivar hábitos mais econômicos. Além disso, você poderá sempre ter um aliado para rolês mais em conta ou, até mesmo, para pegar carona na hora de recusar outros convites de amigos em comum.
4. Procure dizer que está economizando para comprar ou fazer algo nas férias
Se você tem dificuldade de dizer “não” para seus amigos e receio de que eles fiquem pressionando demais, você poderia fazer isso de outras formas. Como alegar que está guardando o dinheiro do mês para viajar nas férias, por exemplo.
Neste caso, você pode explicar como o fato de cortar pequenas coisas da rotina poderá permitir viajar para outro país sem depender de um empréstimo no banco. O exemplo das férias pode servir em qualquer outra ocasião, sempre que você estiver desejando comprar algo mais caro que o normal.
Esse tipo de planejamento – que substitui gastos com uma necessidade imediata por outra muito mais suntuosa e divertida – pode ajudar a evitar insistências desnecessárias e, quem sabe, pode até estimular outros amigos a fazerem o mesmo. Assim, vocês começam a fazer um planejamento financeiro juntos, incentivando uns aos outros.
Há muitas formas de fazer com que conversas sobre dinheiro entrem na roda sem que você tenha que sofrer com isso. Introduzir o assunto de forma natural entre amigos pode, muitas vezes, levá-lo a ganhar vida própria e acabar se tornando um debate frequente entre vocês. O dinheiro deixa de ser tabu, você perde o medo e a vergonha e todo mundo acaba economizando junto!
Quer ver na prática como outras pessoas, sejam elas anônimas ou famosas, encaram o tema dinheiro com os amigos? Para lançar o movimento #FalarDeDinheiro, o banco BV preparou uma série de vídeos com a atriz Taís Araújo, embaixadora da marca. Nos bate-papos, ela discute a relação das pessoas com dinheiro de um jeito leve, como deve ser. Para assistir às conversas, acesse o site do BV.

Melhor Carteira Bitcoins conta gratis

binance-wallet-bitcoin-brasil

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte Google News