Coronavírus: venda de flores cai 70% e produtores de Holambra têm prejuízo de R$ 50 milhões


Com o cancelamento de eventos, parte das flores que seriam usadas em decoração estão sendo jogadas no lixo. As medidas restritivas para conter o avanço do novo coronavírus provocou um forte impacto no mercado de flores. Em Holambra (SP), os produtores registraram queda de 70% nas vendas durante a última semana e estimam prejuízo de R$ 50 milhões.
Além disso, com o cancelamento de eventos, como festas e casamentos, parte das flores que seria usadas em decoração estão sendo jogadas no lixo, e outra parte é reaproveitada como adubo.
“A situação é dramática. As vendas de flores e plantas ornamentais caíram 70% na semana passada nos supermercados e floriculturas de todo o país. Não vendemos mais do que 30% do faturamento previsto para a semana”, ressalta Kees Schoenmaker, presidente do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor).
Flores que seriam usadas em eventos são descartadas em Holambra (SP)
Helen Sacconi
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *