black Friday melhor hoje ofertas e promocoes

Melhor Carteira Bitcoins conta gratis

binance-wallet-bitcoin-brasil

os clientes da Binance poderão usar o Launchpool e fazer staking de BNB, AVAX e BUSD em pools separados para cultivar tokens QI por mais de 30 dias, com o farming começando no dia 16  de novembro e com isso ganhar a critpomoeda que subiu 90% de graça

A Binance, uma das maiores exchanges de Bitcoin (BTC) e criptomoedas do mundo, anunciou uma parceria com os desenvolvedores que coordenam a BENQI Finance (QI), uma criptomoeda construída na blockhain da Avalanche (AVAX) e que pretende trazer o universo das finanças descentralizadas (DeFi) para o concorrente do Ethereum (ETH).

Assim que a Binance anunciou a parceria e a listagem do projeto o token QI subiu cerca de 90% em questão de minutos. Segundo o anuncio da Binance, a parceria envolve o lançamento da BENQUI, criptomoeda nativa do protocolo, por meio do Lauchpool, sistema de staking da Binance para novos projetos.

Desta forma, os clientes da Binance poderão usar o Launchpool e fazer staking de BNB, AVAX e BUSD em pools separados para cultivar tokens QI por mais de 30 dias, com o farming começando no dia 16  de novembro.

  • Especialistas indicam 11 criptomoedas que custam menos de R$ 10 e que tem grande potencial de valorização

Assim, fazendo staking, os clientes da Binance podem ganhar de graça parte dos 7.200.000.000 tokens QI (que representam 8,76% do total de tokens circulantes). Os clientes que aderirem ao sistema, vão ganhar seus tokens QI de graça a cada hora, sendo necessário apenas clicar no botão “resgatar recompensas”.

O que é BENQI Finance

O BENQI Finance é um protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) desenvolvido para prover liquidez descentralizada e sem custódia, assim, por meio do protocolo, os usuários podem facilmente emprestar, tomar emprestado e ganhar juros com seus ativos digitais. 

  • Criptomoeda de graça: Binance vai dar US$ 500 mil em altcoins do metaverso de graça: Solana, ALICE, SAND, ENJ, TVK e CHR

Dessa forma, os usuários podem obter renda passiva por meio de empréstimos, e os tomadores de empréstimos têm o potencial de pega criptomoedas empresas sem burocracias. O BENQI é construído na blockchain da Avalanche (AVAX) que, basicamente, funciona como um concorrente do Ethereum.

A equipe BENQI percebeu que o Avalanche poderia ser o próximo sucessor de contratos e ativos inteligentes, o que poderia aliviar a carga do Ethereum e fornecer transações sem atrito para o usuário. Atualmente o BENQI é o primeiro protocolo de empréstimos construído no AVAX.

BENQI também é uma ponte para conectar Ethereum à ponte Avalanche (AEB.xyz), portanto, o protocolo pode fornecer aos usuários existentes no Ethereum um mercado financeiro alternativo mais barato e rápido, removendo taxas gwei de US$ 300 no Ethereum, bem como 3 minutos necessários para as transações.

  • Chiliz, Polkadot e mais 4 criptomoedas estão prontas para subir mais de 40% junto com o Bitcoin que ruma para US$ 100 mil, apontam analistas

Por ser o primeiro protocolo de empréstimo do Avalanche como uma camada fundamental do DeFi, o BENQI usa uma abordagem baseada no tempo para calcular as taxas na plataforma para fornecer aos usuários as taxas mais precisas.

As taxas para fazer transações com o protocolo são insignificantes devido à rede em que o BENQI é construído e aos contratos inteligentes simplificados. Assim, a plataforma funciona permitindo que os usuários depositem seus ativos, que serão adicionados a um pool que pode ser usados por terceiros para tomar empréstimos.

Como resultado, os usuários que emprestam liquidez ao protocolo podem obter uma renda passiva. Os fundos armazenados no BENQI são administrados por contratos inteligentes. No início, a governança do BENQI será liderada pela equipe fundadora do projeto, então, eventualmente, será delegada a uma Organização Autônoma Descentralizada (DAO) usando tokens de QI que é o criptoativo de governança da plataforma.

LEIA MAIS

  • Bitcoin rouba a cena quando HSBC encerra conta vinculada a protestos de Hong Kong
  • Cartório no Rio de Janeiro realiza primeira procuração totalmente digital do Brasil usando blockchain
  • Polícia descobre 120.000 sites criminosos sobre o coronavírus e muitos pedem ‘resgates em Bitcoin’

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte Google New