Apple decide fechar todas as lojas fora da China por pandemia de coronavírus


Empresa disse que aprendeu a lição na China, onde fechou suas lojas quando a epidemia se intensificou e que acaba de reabrir as unidades. Loja da Apple na China ficaram fechadas por mais de um mês e foram reabertas esta semana
REUTERS/Carlos Garcia Rawlins
O CEO da Apple, Tim Cook, anunciou o fechamento de todas as lojas fora da China até 27 de março para tentar conter a propagação do novo coronavírus.
A empresa afirmou que aprendeu a lição na China, onde fechou todas as lojas quando a epidemia se intensificou e que acaba de reabrir as unidades.
“A maneira mais efetiva de minimizar a transmissão do vírus é reduzir as concentrações de pessoas e aumentar a distância entre elas”, afirmou Cook em um comunicado.
A loja on-line da Apple permanecerá com o funcionamento normal, mas os funcionários da empresa fora da China devem trabalhar de casa desde que seja possível, disse Cook.
A empresa com sede na Califórnia tem 500 lojas em 24 países.
As 42 lojas da Apple na China reabriram as portas esta semana, após o fechamento no dia 1 de fevereiro devido ao coronavírus.
Initial plugin text

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *