black Friday melhor hoje ofertas e promocoes

Variante apresenta novas mutações na proteína spike, que adere o vírus ao corpo humano, e está sob estudo das autoridades de saúde internacionais. Vacinação na África do Sul continua em patamares baixos, abaixo de 30% da população. Passageiros no aeroporto de Heathrow, em Londres, em fevereiro de 2021
REUTERS/Toby Melville
O governo do Reino Unido colocou a África do Sul e outros cinco países na “lista vermelha” da pandemia de Covid-19 por causa da detecção de uma nova variante que tem se mostrado preocupante na região, informou o governo britânico nesta quinta-feira (25). A medida vale a partir da tarde desta sexta (26).
Isso significa que voos comerciais a esses países ficarão temporariamente proibidos, e que viajantes britânicos ou com residência no Reino Unido que estejam voltando dos locais afetados terão de fazer quarentena independentemente do status vacinal.
A decisão foi tomada depois que um estudo mostrou o crescimento de uma variante do coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid, em países como a Botsuana e a África do Sul. Essa variante tem mutações nas proteínas que aderem o vírus às células humanas.
Entenda no VÍDEO abaixo como surgem as variantes do coronavírus
Entenda como surgem as variantes dos vírus e por que a Delta preocupa na pandemia de Covid
Embora haja o monitoramento para avaliar se essas novas cepas escapem da imunidade conferida pelas vacinas ou pela infecção prévia, até o momento NÃO há nenhum dado que sinalize um cenário assim.
Os países do sul da África registram vacinação ainda muito baixa e pressionam órgãos internacionais pela distribuição das vacinas. Na África do Sul, por exemplo, nem 30% da população está completamente imunizada contra o coronavírus. Em Botswana, apenas 20% tomaram as doses necessárias.

Melhor Carteira Bitcoins conta gratis

binance-wallet-bitcoin-brasil

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte Google News