black Friday melhor hoje ofertas e promocoes

Melhor Carteira Bitcoins conta gratis

binance-wallet-bitcoin-brasil

Rio atinge marca de 12 milhões de doses aplicadas
Tomaz Silva/Agência Brasil

O município do Rio de Janeiro atingiu a marca de 12 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas. Foram 5,78 milhões de primeiras doses, 5,02 milhões da segundas, 143,5 mil doses únicas e 1,05 milhão de doses de reforço. Os dados estão no painel da Secretaria Municipal de Saúde.

Da população total da cidade, 76,6% estão totalmente vacinados contra a doença e 87,5% tomaram ao menos a primeira dose. Considerando-se o público-alvo, acima de 12 anos, o índice é de 89,4% com as duas doses e 99,7% com a primeira.

No sábado (20), a secretaria promoveu o dia D da vacinação contra a Covid-19, alcançando 1.753 aplicações de primeira dose, 19.570 de segunda e 13.287 doses de reforço. No mesmo dia, a rede pública municipal zerou o número de pacientes internados com a doença

Por faixa etária, entre 30 e 39 anos, 15% não tomaram a segunda dose; de 20 a 29 anos, são 28%; 63% dos jovens de 18 e 19 anos estão parcialmente imunizados com a primeira dose; e, entre os adolescentes de 12 a 17 anos, 92% ainda têm de voltar aos postos para completar o esquema vacinal.

MP recomenda ao Rio revogar flexibilização do uso de máscara

A Secretaria de Saúde antecipou a aplicação da segunda dose para todas as pessoas, respeitando-se o intervalo mínimo da primeira para a segunda dose conforme indicado pelo fabricante. Para a AstraZeneca, o intervalo mínimo é de 12 semanas; para a CoronaVac, quatro; a Pfizer pode ser aplicada depois de três semanas.

Em todo o Estado do Rio de Janeiro, foram aplicados 12,9 milhões de primeiras doses, 9,9 milhões de segundas doses, 1,56 milhão de doses de reforço e 363 mil doses únicas, segundo a Secretaria de Estado de Saúde. Até o momento, 69% da população do estado está com o esquema vacinal completo.

Dose de reforço

Nesta semana, segue a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em pessoas de 60 anos de idade ou mais. No cronograma da secretaria, está reservada uma semana para cada faixa de idade. Assim, na semana que vem receberão a terceira dose as pessoas de 59 anos ou mais, terminando o mês com quem tem a partir de 55 anos.

Também podem comparecer aos postos para tomar a dose de reforço todas as pessoas com 18 anos ou mais que tenham tomado a segunda dose há pelo menos cinco meses.

Casos e óbitos

Na noite de ontem (21), a Secretaria Municipal de Saúde informou que, pela primeira vez desde o início da pandemia, o município não registrou óbitos pela Covid-19 em 24 horas. Ontem o painel da secretaria registrou cinco mortes em decorrência da doença em todo o Estado do Rio de Janeiro.

Os dados do Monitora Covid-19, da Fiocruz, registraram, no sábado, 1,86 óbito na média móvel de sete dias na cidade e 198,57 casos confirmados. No estado, são 16,14 óbitos na média móvel e 717,86 casos.

Leia também
  • Moradores do Salgueiro retiram oito corpos após operação

  • Sobe para nove o número de corpos no Salgueiro (RJ)

  • Polícia encontra esconderijo de Tandera em Seropédica (RJ)

O mapa de risco da capital aponta risco baixo de transmissão do novo coronavírus, com todas as 33 regiões em verde. No mapa por município do estado, há seis classificados com risco muito baixo de transmissão: Teresópolis, na Região Serrana; Seropédica e Queimados, na região metropolitana; e Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Mesquita, na Baixada Fluminense.

As demais cidades encontram-se todas em amarelo, sinalizando risco baixo, segundo a classificação da secretaria de Saúde.

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte Google News