Melhor Carteira Bitcoins conta gratis

binance-wallet-bitcoin-brasil
Sul-africanos esperam em fila para ser vacinados contra a Covid-19

Sul-africanos esperam em fila para ser vacinados contra a Covid-19

Siphiwe Sibeko/Reuters – 25.10.2021

A África do Sul voltou a ser o centro das atenções e preocupações quando o assunto é a evolução da pandemia no mundo. Isso porque, na última terça-feira (23), cientistas que trabalham no país africano detectaram uma nova variante do SARS-CoV-2 com potencial para ser mais transmissível até que a Delta, cepa predominante no mundo. 

De acordo com o cientista brasileiro Tulio de Oliveira, diretor do laboratório Krisp, na Faculdade de Medicina Nelson Mandela, da Universidade KwaZulu-Natal, em Durban, na África do Sul, a Ômicron, nome dado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), tem mais mutações que as outras cepas, e isso é fator de muita preocupação.

“Esta nova variante, B.1.1.529 [nome científico], parece se espalhar muito rápido. Em menos de duas semanas ela domina todas as novas infecções, após uma onda da Delta devastadora na África do Sul”, disse Oliveira. 

Os cientistas dizem que há mais de 30 mutações na proteína spike (parte do vírus responsável pela entrada na célula humana) e dez mutações só no receptor ACE2 (partícula que ajuda a criar esse ponto de entrada). Em comparação, a variante Beta tem três e a Delta, dois.

As vacinas são eficazes contra a nova variante?

undefined

Ainda não está claro para os pesquisadores se o novo vírus é capaz de superar a proteção das vacinas e qual é o poder de reinfectar pessoas que já tiveram Covid-19. 

Vale destacar, porém, que a Ômicron foi mais detectada entre os jovens, a faixa etária que tem a menor taxa de vacinação na África do Sul. Somente um em cada quatro sul-africanos entre 18 e 34 anos é vacinado, conforme afirmações de Joe Phaahla, ministro da Saúde do país.

Segundo Tulio de Oliveira, um dos pesquisadores que descobriram a variante Beta, em dezembro de 2020, a cepa pode ser detectada por meio do exame PCR, não sendo necessário o sequenciamento genético. Com isso, a descoberta dos casos pode ser mais rápida, o que ajuda no controle e no rastreamento de novas infecções.

A Pfizer anunciou nesta sexta-feira que já realiza testes com a sua vacina e espera ter respostas sobre a eficácia do imunizante em até duas semanas.

Onde a variante já foi encontrada?

Além da África do Sul, já foram registrados casos em três países — Botsuana, Bélgica e Israel — e no território de Hong Kong.  

Na África do Sul, os infectados se concentram no centro econômico do país, nas cidades de Joanesburgo e Pretória, porém os cientistas acreditam que haja casos em outras regiões. 

Qual o risco de a variante chegar ao Brasil?

undefined

Aqui, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomendou que o governo federal imponha medidas restritivas a voos e viajantes vindos de seis países da África: África do Sul, Botsuana, Essuatíni, Lesoto, Namíbia e Zimbábue. 

Para Isabella Ballalai, vice-presidente da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações), a indicação da agência brasileira é válida porque, mesmo com os bons índices de vacinação no país, os números não são homogêneos em todas as cidades e a pandemia ainda não chegou ao fim. 

“Enquanto o mundo não estiver completamente vacinado, qualquer país, ou seja, todos nós corremos risco. As pessoas precisam entender que estamos em um bom momento no país, mas não podemos esquecer que a pandemia não acabou. Nós temos coberturas vacinais excelentes aqui no Rio, em São Paulo e em outras cidades. Mas há cidades com coberturas não tão altas”, explica Isabella.

E complementa: “Qualquer excesso pode trazer uma nova onda. Se não tivermos um controle da flexibilização e da entrada de estrangeiros no país, obviamente correremos risco”.

Países da Europa e da Ásia já adotaram medidas de restrição aos países africanos, apesar de a  OMS ter pedido que não sejam tomadas medidas precipitadas em relação a viagens. 

Quando foi encontrada a nova cepa?

O vírus foi descoberto na última terça-feira em amostras coletadas em pacientes nos dias 14, 15 e 16 de novembro. Na avaliação de outros exames, foram encontrados mais 100 casos em Gauteng, província da qual fazem parte Pretória e Joanesburgo. 

Como a Ômicron surgiu?

undefined

Cientistas acreditam que a nova variante tenha surgido em uma pessoa HIV positiva infectada com a Covid-19 que não foi tratada, mesma hipótese levantada para o aparecimento da Beta no fim do ano passado. A África do Sul tem 8,2 milhões de pessoas infectadas pelo HIV. É o país com mais infectados no mundo.

 

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte Google News