black Friday melhor hoje ofertas e promocoes

Melhor Carteira Bitcoins conta gratis

binance-wallet-bitcoin-brasil

Confira como será a vacinação contra a Covid nas capitais nesta sexta (19)
Reprodução/Flickr

A vacinação contra a Covid-19 avança no país, e as capitais imunizam novas faixas etárias e grupos nesta sexta-feira (19), além de retomarem aqueles que perderam suas datas para aplicação.

Em Belo Horizonte, a prefeitura fará uma repescagem com a dose de reforço para os idosos e imunossuprimidos com mais de 18 anos, que tenham recebido a segunda dose há pelo menos 28 dias, e com a segunda dose para pessoas de 20, 21, 22, 24, 25, 26 e 29 anos que receberam a primeira dose da Pfizer.

Confira como será a vacinação contra a Covid-19 nas capitais brasileiras nesta sexta (19):

São Paulo

Em São Paulo, profissionais da Educação de 40 a 59 anos, idosos com mais de 60 anos, profissionais da saúde maiores de idade e imunossuprimidos, pacientes que têm HIV ou pessoas que passaram por algum transplante estão elegíveis para receberem a terceira dose do imunizante.

Os funcionários públicos que trabalham na GCM (Guarda Civil Municipal), sepultadores ou fiscais das subprefeituras também podem procurar as unidades de saúde para receber o reforço.

Para idosos, trabalhadores da saúde e funcionários públicos receberem a dose adicional é necessário que tenham completado o esquema vacinal (com a segunda dose ou a dose única) há pelo menos seis meses. Já para os imunossuprimidos o intervalo é de 28 dias entre a segunda e a terceira dose.

Os adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades podem se vacinar com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. A segunda dose está disponível para os públicos elegíveis. Saiba mais no Vacina Sampa.

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro continua aplicando dose de reforço nos homens a partir de 60 anos, os profissionais da Saúde que concluíram a imunização até maio e imunossuprimidos com 12 anos ou mais, cuja vacinação foi concluída há pelo menos 28 dias.

A capital fluminense segue com a segunda dose aos públicos elegíveis, bem como a primeira para maiores de 12 anos que ainda não receberam sua aplicação. Veja no site da prefeitura

 

Goiânia

 

A prefeitura de Goiânia aplica a primeira dose para adolescentes de 12 a 17 anos, bem como para a população acima de 18 anos que ainda não se vacinou.

As segundas doses da AstraZeneca e da Pfizer serão aplicadas para aqueles que receberam a primeira há oito semanas (até o dia 24 de setembro), e da CoronaVac àqueles com data marcada para 19 de novembro ou em atraso.

A terceira dose será aplicada para as pessoas de 40 a 49 anos que tomaram a segunda dose até 19 de junho, trabalhadores da Saúde que concluíram o esquema vacinal até 19 de maio e para imunossuprimidos com 18 anos ou mais que receberam a segunda dose há pelo menos 28 dias (até 22 de outubro). Saiba mais neste link.

Belo Horizonte

A prefeitura de Belo Horizonte fará uma repescagem com a dose de reforço para os idosos. Para esse público, é necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência na capital mineira.

Também haverá uma repescagem para os imunossuprimidos com mais de 18 anos, que tenham recebido a segunda dose há pelo menos 28 dias. Esses precisam levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e um documento que comprove a condição de saúde.

As pessoas de 20, 21, 22, 24, 25, 26 e 29 anos que receberam a primeira dose da Pfizer terão uma repescagem para a segunda dose. Elas precisam levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF. Veja mais informações neste link.

Curitiba

A capital do Paraná aplica a primeira dose nos adultos a partir de 18 anos, e as gestantes, puérperas e pessoas com comorbidades com 12 anos ou mais. A segunda dose será destinada aos que perderam sua data de aplicação e aqueles que têm o agendamento marcado pelo app Saúde Já.

A dose de reforço será aplicada nos profissionais de saúde, idosos de 67 anos ou mais e imunossuprimidos com a segunda dose aplicada até 20 de outubro. Saiba mais no site da prefeitura.

Florianópolis

A prefeitura da capital catarinense continua aplicando a primeira dose para adolescentes e adultos a partir de 18 anos. A segunda e a terceira doses continuam disponíveis para os públicos elegíveis. Saiba mais detalhes abaixo:

 

São Luís

 

São Luís aplica a terceira dose para quem tem 18 anos ou mais (e recebeu a terceira dose até 30 de junho), profissionais da saúde, imunossuprimidos, servidores das forças de segurança, salvamento e forças armadas. Também haverá aplicação da primeira e da segunda dose. 

Salvador

Salvador terá vacinação exclusiva para a segunda dose. A primeira e a terceira dose estão suspensas nesta sexta-feira (19). 

 

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte Google News