black Friday melhor hoje ofertas e promocoes

Melhor Carteira Bitcoins conta gratis

binance-wallet-bitcoin-brasil

Alteração de intervalo vale para vacinas da Pfizer
Divulgação/Pfizer/via Reuters

A Prefeitura de Belo Horizonte anunciou, nesta segunda-feira (22), a redução do intervalo para aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer contra a covid-19.

Agora, o prazo de 28 dias, praticado nas últimas semanas, passará a ser de 21 dias. A decisão atende orientação da SES (Secretaria Estadual de Saúde) diante à disponibilidade de medicamento da marca. No início da campanha, por falta de vacinas, o Brasil adotava o intervalo de três meses.

“A partir desta semana, as pessoas que receberam a primeira dose há pelo menos 21 dias já podem comparecer aos pontos de vacinação para concluir o esquema vacinal”, destacou a Secretaria Municipal de Saúde.

Na prática, a medida vai beneficiar os jovens de 12 a 17 anos e os moradores que receberam a aplicação em data posterior à de convocação. Todos os demais grupos já foram chamados para receber as duas doses.

Os locais de vacinação, horários de atendimento e documentos exigidos para cada grupo estão disponíveis no site da prefeitura, neste link.

Nesta segunda-feira, o índice de pessoas com 12 anos ou mais atendidas com a primeira dose estava em 83,5%, enquanto 69,4% deles concluíram o esquema vacinal.

Confira o cronograma atualizado para os próximos dias:

Dia 23/11, terça-feira: dose de reforço para trabalhadores da saúde a partir de 18 anos, completos até 30 de novembro, cuja segunda dose tenha 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e documento que comprove ser trabalhador em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;

Dia 24/11, quarta-feira: segunda dose para adolescentes de 17 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose;

Dia 25/11, quinta-feira: segunda dose para adolescentes de 16 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose e repescagem de segunda dose para pessoas de 29, 26, 25, 24, 22, 21 e 20 anos vacinadas com a Pfizer. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 26/11, sexta-feira:

– segunda dose para adolescentes de 15 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose. Para se imunizar, os adolescentes dessa faixa etária precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais.

– dose de reforço para trabalhadores da saúde a partir de 18 anos, completos até 30 de novembro, cuja segunda dose tenha 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e documento que comprove ser trabalhador em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;


Dia 27/11, sábado:  não haverá vacinação;

Dia 29/11, segunda-feira: segunda dose para jovens de 14 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF. Para se imunizar, os adolescentes dessa faixa etária precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais;


Dia 30/11, terça-feira: segunda dose para jovens de 13 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF. Para se imunizar, os adolescentes dessa faixa etária precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais;

Dia 1/12, quarta-feira: segunda dose para adolescentes de 12 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF. Para se imunizar, os adolescentes dessas faixas etárias precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais;


Dia 2/12, quinta-feira: repescagem para grupos e faixas etárias que foram vacinados com Pfizer e ainda precisam receber este imunizante, seja com a aplicação de primeiras e segundas doses, doses de reforço ou adicional;

Dia 3/12, sexta-feira: dose de reforço para idosos de 63 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte.

 

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte Google News