Mensagem que circula nas redes diz que água gelada pode dar câncer

Água gelada pode apenas dar desconforto na garganta
Pixabay

Circula por aplicativos de mensagens e redes sociais uma fake news sobre o consumo de água gelada. No texto, falsamente atribuído ao médico Drauzio Varella, as orientações são alarmistas e chegam a relacionar a água gelada a mortes por infarto.

O texto afirma que “água gelada fecha quatro veias do coração e causa ataque cardíaco” e que “bebidas geladas são a principal causa de ataques cardíacos”. Além de falar que “cria problemas no fígado” e “afeta o estômago e o intestino grosso, causando câncer”. 

O endocrinologista Daniel Kendler, membro da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia), explica que “não há nenhum dado científico que corrobore com a ideia de algum malefício em tomar água gelada e nenhuma relação com problemas cardíacos ou hepáticos”.

Leia também: Frio e gripe aumentam risco de infarto e AVC, alerta cardiologista

O médico acrescenta que ao entrar no organismo, a temperatura da água vai ser a mesma da do corpo. Seria como segurar um copo de água gelada nas mãos. Em algum tempo, a temperatura da água irá se ajustar.

Kendler diz que o único problema de água excessivamente gelada pode ser quando a pessoa tem alguma inflamação na garganta.

“Vai causar um desconforto, aumenta a dor”. No entanto, afirma que bebidas geladas nessas situações não agravam o quadro inflamatório.

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *