Brasil registra 141 novas mortes por covid-19; total chega a 941

<div class="media_box full-dimensions460x305">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/brasil-coronavirus-09042020171644899?dimensions=460×305" title="Taxa de letalidade da doença no país é de 5,3%" alt="Taxa de letalidade da doença no país é de 5,3%" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Taxa de letalidade da doença no país é de 5,3%</span>
<span class="credit_box ">DANI BARCELLOS/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO</span>
</div>
</div>

<p>
O Brasil registrou 141 novas <a href="https://noticias.r7.com/saude/novo-coronavirus" target="_blank"><strong>mortes por covid-19</strong></a> nas últimas 24 horas, totalizando 941 óbitos nesta quinta-feira (9), informa o boletim mais recente do Ministério da Saúde. </p>
<p>
O número de casos confirmados em laboratório subiu de 15.927 para 17.857, incremento de 1.930 registros de um dia para o outro.</p>
<p>
A taxa de letalidade da doença teve leve variação, de 5% ontem para 5,3% hoje.</p>
<p>
O ministério detalhou hoje as localidades do país com maior incidência de covid-19 (número de infectados a cada 100 mil habitantes). </p>
<p>
Aparecem no topo da lista a região de Fortaleza (CE), com 43,9 casos por 100 mil habitantes. Em seguida, aparecem São Paulo (SP), 40,4; Manaus (AM), 28,1; e o Distrito Federal, 16,9.</p>
<p>
Nestas localidades, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou que o governo não recomenda qualquer flexibilização das medidas de distanciamento social adotadas.</p>
<p>
<strong>Leia também: <a href="https://noticias.r7.com/sao-paulo/taxa-de-isolamento-em-sp-e-a-menor-desde-o-inicio-da-quarentena-09042020" target="_blank">Taxa de isolamento em SP é a menor desde o início da quarentena</a></strong></p>
<p>
Quando se observa a mortalidade por covid-19 a cada 100 mil habitantes, a capital paulista é a com a maior incidência: 2,8. Fortaleza aparece na sequência, com uma taxa de 1,5. </p>
<p>
Desde o dia 16 de fevereiro, o Brasil já teve 3.871 pessoas internadas por síndrome respiratória aguda grave causada por coronavírus. Isso representa 12% do total de casos confirmados até esta quinta-feira.</p>
<p>
O balanço de hoje mostra que 78% dos mortos por covid-19 tinham acima de 60 anos. A grande maioria era cardiopata e/ou diabético. </p>
<p>
<strong>Veja o número casos e óbitos por unidade da federação:</strong></p>
<p>
São Paulo: 7.480 casos (496 mortes)<br>
Rio de Janeiro: 2.216 casos (122 mortes)<br>
Ceará: 1.425 casos (55 mortes)<br>
Amazonas: 899 casos (40 mortes)<br>
Minas Gerais: 655 casos (15 mortes)<br>
Rio Grande do Sul: 618 casos (12 mortes)<br>
Paraná: 609 casos (22 mortes)<br>
Bahia: 559 casos (19 mortes)<br>
Pernambuco: 555 casos (56 mortes)<br>
Distrito Federal: 527 casos (13 mortes)<br>
Santa Catarina: 501 casos (17 mortes)<br>
Maranhão: 273 casos (12 mortes)<br>
Espírito Santo: 273 casos (6 mortes)<br>
Rio Grande do Norte: 261 casos (11 mortes)<br>
Goiás: 179 casos (7 mortes)<br>
Pará: 168 casos (7 mortes)<br>
Amapá: 128 casos (2 mortes)<br>
Mato Grosso: 108 casos (2 mortes)<br>
Mato Grosso do Sul: 89 casos (2 mortes)<br>
Acre: 62 casos (2 mortes)<br>
Paraíba: 55 casos (7 mortes)<br>
Roraima: 52 casos (1 morte)<br>
Sergipe: 39 casos (4 mortes)<br>
Piauí: 38 casos (6 mortes)<br>
Alagoas: 37 casos (3 mortes)<br>
Rondônia: 28 casos (2 mortes)<br>
Tocantins: 23 casos</p>

Distribuição / Melhor Hoje / Fonte Google News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *